Cidade ACESSÌVEL!!!

O estresse do dia está fazendo com que as pessoas durmam mal. O fisioterapeuta Francisco Miguel, da Escola de Postura Brasil,

Conselho Municipal de Direitos das Pessoas com Deficiência está iniciando uma campanha em Chapecó em função de possibilitar maiores acessos na estrutura urbana às pessoas com deficiência. A campanha surge de iniciativa nacional em prol da acessibilidade. Segundo a representante do governo municipal do Conselho, Gisele Mendes, na plenária ordinária de fevereiro deste ano do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (Conade) foi proposto transformar Chapecó em cidade referência em acessibilidade humana para o sul do País.

//calendario.sol.sc.gov.br/img/331.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

A campanha, em nível nacional, tem por objetivo a reestruturação das cidades para a acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência. De acordo com o presidente do Conselho, Alceu Kuhn, ao se falar em acessibilidade não se refere apenas às pessoas com algum tipo de dificuldade, como pessoas mais idosas.

“Em Chapecó temos visto ações bem interessantes, mas também negligências das pessoas”, comentou Alceu. Ele é cego e, ontem pela manhã se deparou com um carro estacionado em cima de um passeio público. “São coisas simples que para as pessoas com deficiência faz uma grande diferença”, disse.

Em Chapecó, que possui 180 mil habitantes, há 26.100 pessoas com algum tipo de deficiência, informou Gisele. No Brasil, de acordo com o Censo de 2000, existem 24,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência ou incapacidade, o que representa 14,5% da população brasileira.

Programa Brasileiro de Acessibilidade Urbana

O Programa Brasileiro de Acessibilidade Urbana surge com o objetivo de estimular e apoiar os governos municipais e estaduais a cumprirem suas prerrogativas e desenvolver ações que garantam acesso para pessoas com restrição de mobilidade aos sistemas de transportes, equipamentos urbanos e a circulação em áreas públicas, inserido no conceito de Mobilidade urbana Sustentável, desenvolvido pela Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana (SeMob).

Esse Programa atende às diretrizes aprovadas pela Conferência Nacional das Cidades e a participação da sociedade civil é fundamental para a sua implementação. Os Estados e municípios são convidados a aderir ao Programa, mediante a elaboração de um Programa Municipal de Acessibilidade, com o apoio do Ministério das Cidades, através dos instrumentos de implementação do Brasil Acessível. Para ter acesso às fontes de financiamento existentes, o Programa deve conter etapas de trabalho, metas, indicadores de avaliação e estar de acordo com as normas do Ministério das Cidades.

Vá até a Mil Assentos e confira as diversas barras de apoio para instalar no seu banheiro. Deixe sua casa mais segura. Acesse o blog da loja: www.milassentos.com.br/blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: